Programa Vivência de Arte abre inscrições para novos projetos

Apresentação da banda Arcania em evento promovido pelo Recicante

A Pró-reitoria Estudantil (Proest) abriu inscrições para 20 projetos culturais a serem desenvolvidos por estudantes matriculados em cursos de graduação dos três campi da Ufal: A. C. Simões, Arapiraca e do Sertão.

Em seu terceiro ano de atividades, o programa busca criar oportunidades de produção e atuação artístico-cultural para os estudantes vinculados aos diversos cursos de graduação existentes na Ufal, além de despertar o interesse e estimular a participação dos mesmos em atividades artísticas e culturais, abrindo espaços para que possam revelar seus talentos e potenciais criativos no campo da arte e da cultura.

Conforme o Edital, serão selecionados projetos de seis categorias: Artes Cênicas, Dança, Audiovisual, Artes Visuais, Música e Literatura, com quatro bolsas para cada projeto aprovado. As inscrições podem ser realizadas até o dia 9 de março.

Os projetos selecionados terão duração de três meses, podendo ser renovados por mais três. A primeira etapa desenvolvida no período compreendido entre abril e junho de 2012; e, se renovado o Projeto, a segunda etapa entre os meses de agosto e outubro deste ano.

Divulgação no blog

Em 2011, alguns dos projetos aprovados expuseram suas atividades no blog Vivência de Arte na Ufal. Entre os 12 projetos aprovados estavam os projetos de capoeira, dança afro, cinema, maracatu e teatro.  O Recicante foi um deles, com a promoção de apresentações musicais e recitação de poesias em espaços públicos abertos. Ele surgiu a partir da percepção de carência de eventos na Ufal que proporcionassem um espaço para apresentações artísticas e criações literárias produzidas pelas comunidades acadêmicas.

As propostas podem surgir tanto de estudantes, quanto de técnicos e docentes: a seleção de projetos será feita sem distinção entre as categorias. Mas, conforme o edital, os projetos deverão envolver o máximo de estudantes em atividades artísticas e culturais que contribuam para o seu crescimento pessoal, acadêmico e profissional.

A técnica em assuntos educacionais do Campus Arapiraca, Tatiane Trindade, teve o seu projeto,Capoeiragem na Ufal, entre os aprovados de 2011. O seu envolvimento com a cultura afro e especificamente a capoeira, fez a técnica inscrever o projeto no programa em 2011, que envolveu outros cinco bolsistas e dezenas de alunos da comunidade arapiraquense.

“A escolha da temática não se dá por acaso. Tem sentido pela nossa participação direta com o mundo da capoeira, rodas e eventos durante os quase treze anos de prática. Os alunos envolvidos, além de despertar o interesse pela capoeira nas aulas da disciplina Metodologia do Ensino da Capoeira, destacaram-se em outro projeto, realizado ano passado no Campus Arapiraca, intitulado Pé de Berimbau”, relata Tatiane no blog do projeto.

Para conferir esse e outros projetos, acesse o blog do Programa Vivência de Arte na Ufal, cujo edital está disponível no Portal do Estudante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s