CUIB promove videoconferência

Padrão

O Centro Universitario de Investigaciones Bibliotecológicas da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) convida a todos a
assistirem a videoconferência com Barbara Tillett (Library of Congress) e Ana Cristán (Library of Congress).

A videoconferência terá como temas “La visión a futuro del Formato MARC21” e “Hacia dónde se perfila el desarrollo de software para bibliotecas a partir de los RDA”, será realizada no dia 1º de março de 2012 das 10h às 12h (horário da Cidade do México – das 13h às 15h no
horário de Brasília) e transmitida online no endereço http://www.ustream.tv/channel/cuib-unam.

Mais informações podem ser obtidas na página oficial do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/114039305392148/.

Programa Vivência de Arte abre inscrições para novos projetos

Padrão

A Pró-reitoria Estudantil (Proest) abriu inscrições para 20 projetos culturais a serem desenvolvidos por estudantes matriculados em cursos de graduação dos três campi da Ufal: A. C. Simões, Arapiraca e do Sertão.

Em seu terceiro ano de atividades, o programa busca criar oportunidades de produção e atuação artístico-cultural para os estudantes vinculados aos diversos cursos de graduação existentes na Ufal, além de despertar o interesse e estimular a participação dos mesmos em atividades artísticas e culturais, abrindo espaços para que possam revelar seus talentos e potenciais criativos no campo da arte e da cultura.

Conforme o Edital, serão selecionados projetos de seis categorias: Artes Cênicas, Dança, Audiovisual, Artes Visuais, Música e Literatura, com quatro bolsas para cada projeto aprovado. As inscrições podem ser realizadas até o dia 9 de março.

Os projetos selecionados terão duração de três meses, podendo ser renovados por mais três. A primeira etapa desenvolvida no período compreendido entre abril e junho de 2012; e, se renovado o Projeto, a segunda etapa entre os meses de agosto e outubro deste ano.

Divulgação no blog

Em 2011, alguns dos projetos aprovados expuseram suas atividades no blog Vivência de Arte na Ufal. Entre os 12 projetos aprovados estavam os projetos de capoeira, dança afro, cinema, maracatu e teatro.  O Recicante foi um deles, com a promoção de apresentações musicais e recitação de poesias em espaços públicos abertos. Ele surgiu a partir da percepção de carência de eventos na Ufal que proporcionassem um espaço para apresentações artísticas e criações literárias produzidas pelas comunidades acadêmicas.

As propostas podem surgir tanto de estudantes, quanto de técnicos e docentes: a seleção de projetos será feita sem distinção entre as categorias. Mas, conforme o edital, os projetos deverão envolver o máximo de estudantes em atividades artísticas e culturais que contribuam para o seu crescimento pessoal, acadêmico e profissional.

A técnica em assuntos educacionais do Campus Arapiraca, Tatiane Trindade, teve o seu projeto,Capoeiragem na Ufal, entre os aprovados de 2011. O seu envolvimento com a cultura afro e especificamente a capoeira, fez a técnica inscrever o projeto no programa em 2011, que envolveu outros cinco bolsistas e dezenas de alunos da comunidade arapiraquense.

“A escolha da temática não se dá por acaso. Tem sentido pela nossa participação direta com o mundo da capoeira, rodas e eventos durante os quase treze anos de prática. Os alunos envolvidos, além de despertar o interesse pela capoeira nas aulas da disciplina Metodologia do Ensino da Capoeira, destacaram-se em outro projeto, realizado ano passado no Campus Arapiraca, intitulado Pé de Berimbau”, relata Tatiane no blog do projeto.

Para conferir esse e outros projetos, acesse o blog do Programa Vivência de Arte na Ufal, cujo edital está disponível no Portal do Estudante.

Últimos dias para se inscrever no Programa Dra. Ruth Cardoso

Padrão

As inscrições para a nova edição do Programa Dra. Ruth Cardoso vão até 29 de fevereiro de 2012. A iniciativa oferece apoio à participação de professores e pesquisadores brasileiros das áreas de ciências humanas e sociais nas atividades da Universidade de Columbia, na cidade de Nova York, EUA.

O Programa Dra. Ruth Cardoso é uma parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a Universidade de Columbia (UC) e a Comissão para o Intercâmbio Educacional entre os Estados Unidos da América e o Brasil (Fulbright).

Um dos objetivos do programa é destacar, no meio universitário e de pesquisa dos Estados Unidos, o desempenho de cientistas brasileiros que atuam em instituições do país nas áreas citadas. Desta maneira, promover um alto nível de aproximação, diálogo e aprofundamento no conhecimento mútuo das respectivas culturas e sociedades.

O programa busca honrar a memória da professora Ruth Corrêa Leite Cardoso, antropóloga e docente da Universidade de São Paulo, que foi bolsista da Comissão Fulbright na Universidade de Columbia em 1988. Ela possuiu uma atuação destacada na cena acadêmica brasileira, ministrou aulas em uma série de instituições internacionais e publicou vários livros e trabalhos sobre imigração (em especial a imigração japonesa no Brasil), movimentos sociais, juventude, meios de comunicação de massa, violência, cidadania e trabalho. Ruth Cardoso faleceu em junho de 2008.

Características e requisitos

O edital prevê a concessão de uma bolsa por ano, no valor de US$ 5 mil mensais, por até nove meses, além de um auxílio instalação de US$ 2 mil. O pesquisador também terá direito a um seguro saúde, passagem aérea de ida e volta em classe econômica promocional e moradia no campus da Universidade de Columbia, na cidade de Nova York, EUA em apartamento de um dormitório ou equivalente com acesso às instalações e serviços da Universidade.

Para concorrer ao edital, o pesquisador deve comprovar ter concluído seu doutorado após 1994 e antes de 2005, assim como estar credenciado como docente e orientador em programa de pós-graduação reconhecido pela Capes. É necessário que o candidato dedique-se em regime integral às atividades acadêmicas nas áreas de ciências humanas e sociais. Será dada preferência a candidatos que atuem nas áreas de antropologia de populações urbanas, sociologia e história do Brasil com enfoque em movimentos sociais contemporâneos.

A inscrição deve ser feita pela internet, com o preenchimento em inglês do Formulário de Inscrição online, um syllabus do curso proposto com no máximo dez páginas e três cartas de recomendação em inglês. Além de um currículo atualizado em português, disponível na Plataforma Lattes, um currículo resumido em inglês e o projeto de pesquisa a ser desenvolvido na Universidade de Columbia.

A previsão para implementação da bolsa é para agosto e setembro de 2012. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone             (61) 2022-6668       ou pelo e-mail fulbright@capes.gov.br.

Edições anteriores

A primeira edição do programa aprovou o projeto de Lia Zanotta Machado, professora titular de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB). A candidata atua principalmente, nas áreas de gênero, violência, estudos feministas, direitos à saúde e antropologia das políticas públicas de gênero e de saúde e apresentou o projeto, Brazilian Feminist Social Movements and Feminist Studies, que recebeu nota máxima no parecer de todos os avaliadores. Saiba mais.

A segunda edição selecionou o projeto “Subjetividade, Política e Ética: práticas de si nos feminismos americano e brasileiro”, de autoria da professora Luzia Margareth Rago, docente do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Saiba mais. A terceira edição selecionou o professor da Universidade de Brasília (UnB) Luiz Guilherme Oliveira.

Ascom/UFAL realiza seleção para BDI

Padrão

A Assessoria de Comunicação da UFAL realiza seleção de alunos de Biblioteconomia para Bolsa de Desenvolvimento Institucional.

Os interessados devem procurar a professora Lívia Lenzi na sede do Curso de Biblioteconomia, no período da noite, nos próximos dias 27/02, 01/03 ou 02/03/2012.

Grupo de pesquisa Tecnologias de Informação em Saúde (GPTIS) inicia as atividades investigativas de 2012

Padrão
Grupo de Pesquisa TIS no Laboratório de Técnicas Documentárias

Grupo de Pesquisa TIS

O primeiro semestre de 2012 inicia-se com grande fôlego no âmbito da pesquisa no Curso de Biblioteconomia da UFAL. No último dia 14 de fevereiro tiveram início as reuniões de planejamento das atividades do Grupo de Pesquisa Tecnologias de Informação em Saúde (GPTIS). O Grupo é liderado pela Profa. Dra. Rosaline Mota e pelo Prof. Me. Marcos Gomes. O GPTIS foi criado em 2009 e era intitulado Sistemas de Informação em Saúde, contudo, a Profa. Dra. Rosaline Mota explica que com objetivo de ampliar o espectro de atuação da pesquisa o nome do grupo foi atualizado recentemente junto ao CNPq. “Outro motivo de imensa alegria é adesão da Profa. Adriana e do Prof. Ronaldo ao GPTIS, pois, tenho certeza que com a colaboração de ambos, teremos enormes avanços e conseguiremos produzir cientificamente pesquisas de qualidade neste tão rico campo que é o da informação e saúde” afirma a professora Rosaline.

Atualmente o GPTIS conta com quatro professores pesquisadores, quais sejam, Profa. Dra. Rosaline Mota, Prof. Me. Marcos Gomes, Profa. Ma. Adriana Lourenço e Prof. Me. Ronaldo Araújo. Oito estudantes também fazem parte do grupo. São eles: Adriele Silva, Antonio Romeiro, Jahnielma Ferreira, Lili Gabriela, Lilian Marques, Lúcia Enóe, Orlandyna Silva e Sâmela Rouse. E, ainda, quatro profissionais Bibliotecários, Bruno Felipe, Diogo Mendes, Micheline Silva e Zayr Claúdio.

Linha Classificação nas Ciências da Saúde

As principais Linhas de Atuação do GPTIS no momento são:

  • Classificação nas Ciências da Saúde – sob a responsabilidade da Profa. Dra. Rosaline Mota e Profa. Ma. Adriana Lourenço;
  • Memória Documental de Instituições de Saúde – sob a responsabilidade da Profa. Dra. Rosaline Mota e Prof. Me. Marcos Gomes;
  • Produção Científica em Informação e Saúde – sob a responsabilidade da Profa. Dra. Rosaline Mota e Prof. Me. Marcos Gomes e
  • Telemedicina e Telessaúde – sob a responsabilidade da Profa. Dra. Rosaline Mota e Prof. Me. Ronaldo Araújo.
Tanto os professores quanto os estudantes e profissionais encontram-se extremamente entusiasmados com o inicio das atividades. O GPTIS se reúne, quinzenalmente, todas as 2ª e 4ª terças-feiras do mês e, em breve, abrirá inscrição para novas participações. Fiquem Atentos!

Linha Memória Documental de Instituições de Saúde

Linha Produção Científica em Informação e Saúde

Linha Telemedicina e Telessaúde

Seleção para Estágio Remunerado

Padrão

Comunicamos a existência de 01 (uma) vaga de estágio remunerado.

Justiça Federal:

  • Inscrições: de 23 de fevereiro de 2012 a 01 de março de 2012;
  • Local das provas: Auditório Min. Pedro Rocha Acioli, Sede da Justiça Federal – Av. Menino Marcelo, s/n, Serraria, Maceió/AL;
  • Documentos:
  1.  Ficha de inscrição devidamente preenchida (www.jfal.jus.br);
  2. Original e cópia do comprovante de matrícula;
  3. Original e cópia do histórico escolar, no qual conste a média geral obtida pelo aluno no decorrer do curso;
  4. Original e cópia do RG ou de outro documento de identificação oficial com foto;
  5. 01 foto 3×4;
  6. 02 latas de leite em pó, as quais serão doadas pela Justiça Federal a instituições de caridade;
  7. Laudo médico original e expedido no prazo máximo de 90 (noventa) dias antes do término das inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência (APENAS PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIAS).
  • Informações: Seção de Treinamento e Desenvolvimento (Fone: 2122-4205 /4369/4373/4338)
  • Regulamento completo e programa: www.jfal.jus.br/concursos