Reunião do Colegiado de Biblioteconomia em 03/11/2011

Padrão

Informamos que a Reunião Ordinária do Colegiado de Biblioteconomia que seria realizada em 27 de outubro de 2011 foi adiada para o dia 03 de novembro de 2011, no mesmo local e horário (Laboratório de Técnicas Documentárias, 15h).

Informamos também que a pauta prevista para a reunião é a seguinte:

  1. Proposta de disciplina: “Normalização”
  2. Curso de Editoração Eletrônica de Revistas
  3. Intercâmbio internacional de jovens pesquisadores e professores
  4. Congresso Acadêmico
  5. Mostra de Cursos
  6. Requerimento de validação de horas de estágio – TAMIRES
  7. Política de publicação no site do Curso

Professor de Biblioteconomia defenderá tese de doutorado

Padrão

 

Prof. Edivanio Duarte

Prof. Edivanio Duarte

O professor do Curso de Biblioteconomia da UFAL Edivanio Duarte de Souza defenderá sua tese de doutorado no dia 23 de novembro de 2011, às 9h, no Auditório Azul da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte-MG.

O título da tese é A Epistemologia Interdisciplinar na Ciência da Informação: dos indícios aos efeitos de sentido na consolidação do campo disciplinar.

Confira mais detalhes do trabalho e também o link para o convite oficial:

Convite – Defesa de Tese – Edivanio Duarte

SOUZA, Edivanio Duarte de. A epistemologia interdisciplinar na Ciência da Informação: dos indícios aos efeitos de sentido. Belo Horizonte, 2011. 343f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência d Informação, Universidade Federal de Minas Gerais.

A interdisciplinaridade vem sendo apontada, na literatura da Ciência da Informação, como um dos seus principais fundamentos. Por outro lado, parte da literatura sinaliza a insuficiência de estudos desenvolvidos nesta área, principalmente, aqueles que abordem as questões teóricometodológicas e as condições de produção que a sustentam. Assim, a presente pesquisa buscou analisar os efeitos de sentido da epistemologia interdisciplinar e suas respectivas implicações no processo consolidação do campo disciplinar da Ciência da Informação. A pesquisa foi desenvolvida em duas fases: exploratória e focalizada. A primeira buscou o mapeamento da produção sobre a integração disciplinar (inter, multi, pluri e transdisciplinar) nos periódicos brasileiros Ciência da Informação, Data Grama Zero – Revista de Ciência da Informação, Encontros Bibli Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Informação e Sociedade: Estudos, Perspectivas em Ciência da Informação e Transinformação, no período de 1990 a 2008. A segunda, por sua vez, objetivou a construção objeto do discurso e do processo discursivo da integração disciplinar, na Ciência da Informação. Na primeira fase, foram mapeados 2083 (dois mil e oitenta e três) artigos, dentre estes 699 (seiscentos e noventa e nove) veiculam o discurso da integração disciplinar. Esses artigos foram pré-analisados e organizados segundo três categorias: periódico, autoria e eixo temático. Sendo que as duas últimas se restringiram àqueles que veiculam o discurso da integração disciplinar. Os indicadores construídos a partir desse mapeamento se constituíram em critérios para a definição do domínio analítico da segunda fase. Os artigos para análise na segunda fase forma selecionados segundo a correlação entre os indicadores de temática e de autoria. O corpus analítico da segunda fase foi formado por artigos que se encontram na intercessão entre os maiores índices de produtividade de autor (7 a 14 artigos) e dos eixos temáticos (Aspectos Teóricos e Gerais da Ciência da Informação; Formação Profissional e Mercado de Trabalho; e Comunicação, Divulgação e Produção Editorial), perfazendo um total de 83 artigos. Além daqueles indicadores, a pesquisa focalizada foi centrada nesses eixos temáticos em função da sua vinculação com a formalização do campo científico da Ciência de Informação. Desse conjunto, foram extraídas as seqüências discursivas que foram objeto de análise e discussão, segundo alguns dispositivos teórico-analíticos da escola francesa Análise do Discurso representada Michel Pêcheux. Os resultados da pesquisa exploratória indicam que a produção sobre integração disciplinar na Ciência da Informação se encontra dispersa em periódicos, autores e eixos temáticos. Os resultados da fase focalizada evidenciam que o discurso da integração disciplinar, na Ciência da Informação, tem como vetor a interdisciplinaridade e é permeado por mais de uma formação discursiva, mas se encontra ancorado num discurso dominante, que tem por base as determinações do modo de desenvolvimento informacional. Esse discurso utiliza de estratégias discursivas lógicopráticas, apelando para os aspectos naturais, substanciais e gerais da interdisciplinaridade, que apagam a diversidade e mascaram seu posicionamento ideológico. A interdisciplinaridade é colocada em um espaço logicamente estabilizado, desconsiderando as tensões, disputas e negociações que existem no campo de lutas e forças que as constituem, apagando toda a carga de determinações sociais, políticas, econômicas e histórico-ideológicas. Considera que a fragilidade nos processos de integração disciplinar se constitui em entrave ao processo de consolidação epistemológica da Ciência da Informação, uma vez que esta se disciplina em torno de um jogo subversivo da tecnociência em detrimento de seu campo epistemológico.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Epistemologia da Ciência da Informação. Epistemologia Interdisciplinar.

 

SEMARH/AL abre vaga de estágio para estudantes de Biblioteconomia

Padrão

 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Alagoas comunica abertura de vaga de estágio para estudantes de Biblioteconomia. Seguem os detalhes.

  • Curso: Biblioteconomia
  • Pré-requisito: a partir do 4º período, conhecimentos em informática.
  • Carga Horária: 30h
  • Valor da Bolsa: R$ 545,00 + auxílio transporte
  • Turno: Matutino (8h às 14h)
  • Currículos devem ser enviados para: flavia.oliveira@semarh.al.gov.br ou Av. General Luiz de França Albuquerque, S/N Jacarecica.
  • Telefone: 3315-2640

VII Encontro Estadual do Proler começa hoje na Bienal do livro.

Padrão

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA

BIBLIOTECA PÚBLICA ESTADUAL

COMITÊ PROLER / MACEIÓ

V Bienal Internacional do Livro de Alagoas

21 a 30 de outubro de 2011

VII Encontro Estadual do Proler

25 a 27 de outubro de 2011

 

Local: Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso

A Secretaria de Estado da Cultura está presente na Bienal de Alagoas, desde 2005 através da Biblioteca Pública Estadual, com estandes promovendo os escritores alagoanos, com oficinas e contação de histórias.

O PROLER – Programa Nacional de Incentivo à Leitura – é um projeto de valorização social da leitura e da escrita vinculado à Fundação Biblioteca Nacional e ao MINC – Ministério da Cultura. Presente em todo o país desde 1992, o PROLER, através de seus Comitês, organizados em cidades brasileiras, vem se firmando como presença política atuante, comprometida com a democratização do acesso à leitura.

O PROLER Comitê Maceió – AL uniu suas ações a Bienal em 2009 e a FLIMAR- Festa Literária de Marechal  Deodoro em 2010 e em 2011, novamente,  dentro da Bienal do Livro de Alagoas.

Nesta sétima edição, o evento tem como eixo temático: “A Biblioteca e a arte de contar histórias: um caminho para uma sociedade leitora.”

  • PROGRAMAÇÃO PROLER

VII Encontro Estadual do PROLER/ Comitê Maceió

Eixo temático: A Biblioteca e a arte de contar histórias: um caminho para uma sociedade leitora.

Data: 25 a 27 de outubro

Local: Centro de Convenções

Inscrições : no local

 

DIA 25 DE OUTUBRO (TERÇA-FEIRA)

AUDITÓRIO

19h – Abertura: “VII Encontro Estadual do PROLER” (Comitê Maceió)

Maria Teresa G. Pereira – Coordenadora Nacional do PROLER

Palestra: “A biblioteca e a arte de contar histórias: um caminho para uma sociedade leitora”

Lêdo Ivo

Lançamentos:

Porta Mundo Leitura –  www.mundoleitura.com.br.

A Campanha Voluntária de Desarmamento Infantil

Programação Cultural: CHICO DE ASSIS

 

DIA 26 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA)

AUDITÓRIO A:

10h às 13h – PROLER Oficina: “Leitura e Cidadania”

Drª Dalgiza A. Oliveira , Nelma C. Araujo e Marcos Aurélio Gomes (CB/UFAL), José de Oliveira Júnior, da Faculdade São Vicente Pão de Açúcar,

14h às 17h – PROLER Palestra: “A legitimação do livro impresso como fonte de acesso ao conhecimento por meio da leitura”

Elias André da Silva

 

AUDITÓRIO B:

10h às 13h – PROLER Oficina: “Qual o correto: os livro ou os livros? Uma visão sociolinguística”

Almir Almeida de Oliveira

14h às 17h – PROLER Oficina: “Livro, Encantamento, Brincadeira e Música”

Fátima Maia

 

SALA  AUDÁLIO DANTAS

10h às 13h – PROLER Palestra: “Contadores de histórias: a técnica da emoção e a emoção da técnica”

Celso Sisto

SALA LUITGARDE BARROS

16h às 18h – PROLER Oficina: “Não deixe a poesia morrer”

Isvânia Marques (40 vagas)

SALA JOSÉ MARQUES DE MELO

14h às 17h – PROLER Oficina: “Leitura e Biblioteca: uma questão de inclusão social”

Clarice Ferraz (CB/UFAL) (30 vagas)

 

SALA MANOEL CORREIA DE ANDRADE

14h às 17h – PROLER Oficina: “Pesquisa online em portais e base de dados”

Monalisa Alves Barros (30 vagas)

SALA LÊDO IVO

14h às 17h – Oficina PROLER: “Novas Tecnologias para Preservação de Acervo”

Glaucia Gomes (40 vagas)

DIA 27 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA)

AUDITÓRIO

10h às 13h – PROLER Encerramento

Painel: “Lei nº 12.244 – Universalização das bibliotecas escolares no Brasil”

Drª Dalgiza A. Oliveira Mota e Cícero Péricles. Mediadora: DrªFrancisca Rosaline Leite

Programação cultural: TRUPE NAVEGANTE – CONTADORES DE HISTÓRIAS MIRINS DO CRAS E PETI/MESSIAS – AL.

 

MEMBROS DO COMITÊ MACEIÓ 2011

Álvaro Otacílio Vasconcellos – Secretário Adjunto/Secult

Maria Luiza Russo – Bibliotecária / Diretora da Biblioteca Pública Estadual Coordenadora do Comitê Proler Maceió

Sheila Maluf – EDUFAL

Simone Cavalcante  de Almeida – Escritora e Produtora Cultural da UFAL

Isabel Fernandes – Bibliotecária FRM/Penedo – Contadora de Histórias -CRAS/PETI – Messias – Al.

Cléa Costa doNascimento- SESC

Carlos Lopes – Bibliotecário / Gerente do Memorial Teotônio Vilela

Alexandre Batista da Silva – Bibliotecário, Vice coordenador do SIB- UNEAL

Maria de Fátima Ramalho Maia – Escritora

Maristela Pozitano Paiva Carnaúba – Coordenadora  MOVPAZ / Coordenadora Rede desarma Brasil(MJ) / Diretora Executiva do MACEIÓ VOLUNTÁRIO

Monalisa Barros – Bibliotecária / UNCISAL

Marcio Adriano Costa dos Santos-Bibliotecário

Vânia Oliveira – Coordenadora de Cultura de Jacaré dos Homens

Contadores de histórias da Carochinha

Curso de Biblioteconomia da Ufal

Além destas atividades, outras acontecerão na PROGRAMAÇÃO do ESTANDE.

Começa hoje a V Bienal Internacional do Livro de Alagoas!

Padrão

Bienal

 

Será realizada no período de 21 a 30 de outubro de 2011 a V Bienal Internacional do Livro de Alagoas. O evento acontecerá no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no Jaraguá, em Maceió. A Bienal é uma realização da Universidade Federal de Alagoas, através da EDUFAL – Editora da Universidade Federal de Alagoas, com o apoio da ABEU (Associação Brasileira dos Editores Universitários), da CBL (Câmara Brasileira do Livro), da Prefeitura de Maceió, do Governo do Estado de Alagoas e demais parceiros de instituições públicas e privadas.

Confira a programação geral do evento.

Durante a V Bienal acontece também o VII Encontro Estadual do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), entre os dias 25 e 27 de outubro. O Programa Nacional de Incentivo à Leitura é um projeto de valorização social da leitura e da escrita vinculado à Biblioteca Nacional e ao Ministério da Cultura (mais detalhes podem ser vistos no texto deste link: http://www.ufal.edu.br/ufal/noticias/2011/10/bienal-sera-sede-de-mais-um-encontro-do-proler) e conta com a participação de professores do Curso de Biblioteconomia da UFAL em seu comitê.

Confira a Programação do PROLER Alagoas na Bienal 2011 e a Programação do Estande da Biblioteca Pública do Estado de Alagoas na Bienal 2011

 

Participação dos Professores de Biblioteconomia

Segue mais abaixo um resumo dos eventos em que haverá participação direta de professores do Curso:

 

Estande da Biblioteca Pública do Estado

DIA 22 DE OUTUBRO (SÁBADO)

SALA LUITGARDE BARROS

14h às 17h – Oficina: “Medidas de conservação e preservação de acervos bibliográficos”, com o professor Iuri Rocio Franco Rizzi (30 vagas).

 

Encontro do Proler

DIA 26 DE OUTUBRO (QUARTA-FEIRA)

AUDITÓRIO A:

10h às 13h – PROLER Oficina: “Leitura e Cidadania”, com a Drª Dalgiza A. Oliveira, Nelma C. Araujo e Marcos Aurélio Gomes (Curso de Biblioteconomia da UFAL) e José de Oliveira Júnior, da Faculdade São Vicente Pão de Açúcar

SALA JOSÉ MARQUES DE MELO

14h às 17h – PROLER Oficina: “Leitura e Biblioteca: uma questão de inclusão social”, com a professora Clarice Ferraz (30 vagas)

 

DIA 27 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA)

AUDITÓRIO

10h às 13h – PROLER Encerramento: Painel “Lei nº 12.244 – Universalização das bibliotecas escolares no Brasil”, com a Drª Dalgiza A. Oliveira Mota e Cícero Péricles. Mediadora: Drª Francisca Rosaline Leite.

 

 

Divulgado edital de concurso para o MP/AL

Padrão

Está publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (18/10) o edital para concurso público no Ministério Público Estadual de Alagoas.

O concurso será realizado pela Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa – Fundepes, através da Comissão Permanente de Vestibular (Copeve/Ufal). O certame será realizado em única etapa, constituída de prova objetiva para todos os cargos.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.copeve.ufal.br, no período entre 25/10/2011 e 25/11/2011. As taxas de inscrição serão de R$ 70,00 para cargos de nível superior e R$ 50,00 para cargos de nível médio.

Analista do Ministério Público – Especialidade: Gestão Pública:
Requisito: curso superior em qualquer área de conhecimento;
Vagas: 6;
Remuneração: R$ 3 mil;

Biblioteconomista
Requisitos: curso superior em Biblioteconomia;
Vagas: Cadastro de reserva;
Remuneração: R$ 3 mil;