Mario Barité fala sobre Garantia Cultural e Organização do Conhecimento

cultura-global

Seja qual for o tipo de representação do conhecimento ou sistema de organização, para que o mesmo seja  maximamente apropriado e útil para indivíduos e organizações é necessário levar em consideração alguns pressupostos, valores e predisposições da cultura na qual estejam inseridos.

Em outras palavras podemos dizer que a garantia cultural é assegurada quando se reconhece (além da garantia literária e da garantia do usuário) que as classificações e as relações semânticas são dependentes do contexto cultural.

A palestra, que acontece no dia 12 de novembro de 2010, às 19h, no Auditório da Biblioteca Central da UFAL, é voltada para alunos, professores e profissionais de biblioteconomia e afins,  interessados e/ou envolvidos na área de organização da informação e do conhecimento e em especial os processos, os instrumentos e os produtos da representação da informação e do conhecimento.

Sobre o autor: Mario Barité é licenciado em Bibliotecología pela Universidad de la República de Uruguay. É também diplomado em Estudos Avançados, Mestre em Informação Científica pela Universidad de Granada (Espanha), e doutorando nesta mesma Universidade. É professor titular nas áreas de Organização do Conhecimento e Terminologia na Escola Universitária de Bibliotecologia do Uruguai. Participou de projetos de pesquisa na Espanha, Brasil e Uruguai. Publicou oito livros e dezenas de artigos e tem ministrado diversas palestras em congressos nacionais e internacionais.

Realização

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s